jump to navigation

Comunicação Empresarial 6 fevereiro, 2007

Posted by Mônica Góes in Humor.
Tags:
2 comments

De: Presidente
Para: Diretor
Na próxima segunda feira, aproximadamente ás 20:00 horas, o cometa Halley passara por aqui. Trata-se de um fenômeno que ocorre a cada 76 anos.
Assim peço que os funcionários estejam reunidos no pátio da fabrica, todos usando capacete de segurança, para que eu possa explicar o fenômeno a eles.
Se estiver chovendo, não poderemos ver o espetáculo a olho nu, e todos deverão se dirigir ao refeitório onde será exibido um filme documentário sobre o cometa Halley.

_____________________________________________

De: Diretor
Para: Gerentes
Por ordem do presidente, na sexta-feira ás 20:00 h, o cometa Halley vai aparecer sobre a fabrica.
Se chover os funcionários deverão ser reunidos, todos com capacete de segurança e encaminhados ao refeitório, onde o raro fenômeno aparecerá, o que acontece a cada 76 anos a olho nu.

_____________________________________________
De: Gerentes
Para: Chefes de Produção
A convite do nosso querido diretor, o cientista Halley de 76 anos vai aparecer nu no refeitório da fabrica, usando capacete, pois vai ser apresentado um filme sobre segurança na chuva. O diretor levará a demonstração para o pátio da fabrica.
_____________________________________________
De: Chefes de Produção
Para: Supervisor de Turnos
Na sexta-feira, o diretor, pela 1ª vez em 76 anos, vai aparecer nu no refeitório da fabrica, para filmar o Halley, o cientista famoso e sua equipe. Todo mundo deverá estar de capacete, pois vai ser apresentado um show sobre segurança na chuva. O diretor levara sua banda para o pátio da fabrica.

_____________________________________________
De: Supervisor de Turnos
Para: Funcionários
Todo mundo nú, sem exceções, deve estar no pátio da fabrica, na próxima sexta-feira, ás 20:00 hs, pois o manda-chuva (Presidende) e o sr. Halley, guitarrista famoso, estarão lá para mostrar o raro filme “Dançando na chuva”. Todo mundo no refeitório de capacete, o show será lá, o que ocorre a cada 76 anos.
_____________________________________________
Aviso para todos!
Na sexta-feira, o chefe da diretoria vai fazer 76 anos e liberou geral para a festa ás 20:00 hs no refeitório. Vão estar lá, pagos pelo manda-chuva, “BILL HALLEY E SEUS COMETAS”. Todo mundo nu e de capacete, pois a banda é muito louca e o rock vai rolar solto, mesmo com chuva.

Joseph Klimber 28 janeiro, 2007

Posted by Mônica Góes in Humor, Vídeos.
Tags:
add a comment

A vida é uma caixinha de surpresas… bateram no meu carro… eu podia estar chateada, desmotivada, sem vontade de cantar uma bela canção… Só Joseph Klimber mesmo pra me fazer rir! Vou ver este vídeo mil vezes e mil vezes vou dar risada!

ORAÇÃO DOS ESTRESSADOS 9 novembro, 2006

Posted by Mônica Góes in Textos.
Tags:
add a comment

(Falaram que é por Luís Fernando Veríssimo… mas… não sei… só sei que cabe…)

Senhor, dê-me serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, a coragem para mudar as coisas que não posso aceitar e a sabedoria para esconder os corpos daquelas pessoas que eu tive que matar por estarem me enchendo o saco.

Também, me ajude a ser cuidadoso com os calos em que piso hoje, pois eles podem estar conectados aos sacos que terei que puxar amanhã.

Ajude-me, sempre, a dar 100% no meu trabalho…
– 12% na segunda-feira,
– 23% na terça-feira,
– 40% na quarta-feira,
– 20% na quinta-feira,
– 5% na sexta-feira.

E… Ajude-me sempre a lembrar, quando estiver tendo um dia realmente ruim e todos parecerem estar me enchendo o saco, que são necessários 42 músculos para socar alguém e apenas 4 para estender meu dedo médio e mandá-lo para aquele lugar…

Que assim seja!!!

Viva todos os dias de sua vida como se fossem o último.
Um dia, quem sabe, você acerta!

Nostradamus e Nosfudemus 5 outubro, 2006

Posted by Mônica Góes in Textos.
Tags:
3 comments

Diante desta guinada, virada, entornada, cagada política, chamem como quiser, este texto que recebi por mail realmente me leva à reflexão!

Nostradamus e Nosfudemus

Livro: “Visão das Trevas, Grandes Catástrofes da Humanidade”.
Pág.102 Nostradamus, Editora Record.

Em suas Centúrias, Nostradamus escreveu com tanta exatidão que nos faz acreditar que conhecia o Lula.

Fragmento de um texto de Nostradamus:

…”e próximo do terceiro milênio uma besta barbuda descerá triunfante sobre um condado do hemisfério sul (BRASIL) – espalhando desgraça e a miséria…” (“reforma da previdência”, corrupção institucionalizada, mensalão etc.).

“…Será reconhecido por não possuir seus membros superiores totalmente completos.” (cadê o dedinho?)

“…Trará com ele uma horda ( PALOCCI, ZÉ DIRCEU,DULCI, GENOÍNO E CIA LTDA) que dominará e exterminará as aves bicudas (TUCANOS-PSDB) e implantará a barbárie por muitas datas ( SERÁ A REELEIÇÃO???) sobre um povo tolo e leviano.” (É nóis !!!)…

E lá se vai mais uma profecia concretizada. Dessa vez, definitivamente Nosfudemus.

Homem gosta é de homem!!! 17 setembro, 2006

Posted by Mônica Góes in Textos.
Tags:
2 comments

Hoje na academia, todo mundo em fim de treino, surge aquela velha polêmica: os homens estão “aviadando” e tem mulher de sobra no mercado? Após muitas risadas, sou obrigada a concordar com Mário Prata! (Risos)

Homem gosta é de homem!!!

Homem gosta de homem!
Disse, corajosamente, o cartunista Miguel Paiva (Radical Chic) na semana passada no gostoso (e gostosa) Marília Gabi Gabriela.

É preciso ter peito para fazer-se uma declaração dessa em público. E, quem tem peito, geralmente, são as mulheres.
E a Marília retrucou:
– Mulher também.
Escrevi e montei uma peça há uns anos atrás,chamada Bésame Mucho (que depois virou filme do Ramalho). Esta peça tratava justamente deste assunto. A relação de ternura entre dois homens. Da infância até a maturidade.

Antes que alguém viesse dizer que era coisa de viado, tive que inventar uma palavra para explicar a relação entre os dois personagens masculinos.

A palavra era “homoternurismo” e, para minha infelicidade, até hoje não se incorporou ao Aurélio. Mulher é bom, é ótimo, nem se discute. Mas que os homens preferem os homens, também não se discute.

Desde a infância, menino gosta de brincar com menino. Clube do Bolinha. Menina não
entra!

Na adolescência, é a mesma coisa. Temos olhos para os seios e os bumbuns da meninas, mas no meu time de futebol elas não entravam. Era rapaz de um lado e as meninas do outro.

A gente casa, ama a esposa da gente, tem filhos, mas não vê a hora de ir para o botequim tomar umas e outras com os amigos.

Os amigos do peito. Já notaram que os homens não têm amigas do peito? Têm amigas com peito.

Na hora da confidência mais confidencial,na hora do aperto, do ombro amigo, é o amigo do peito (para se chorar) que está ali. Favor não confundirem, jamais, homoternurismo com homossexualismo.

E a gente vai crescendo e vai formando o nosso time de amigos eternos, confiáveis, pau (ops!) pra toda obra.

O domingo, por exemplo, foi feito para se passar com os amigos. O jogo de futebol, os gols na televisão, a cervejinha gelada. Mas qual é a mulher que não quer ir a “um cineminha” no domingo? Devia ser proibido mulheres aos domingos, dizia um meu amigo do peito, casado.

Tudo isso que eu escrevi aí em cima, se for mesmo válido, só é válido até uma certa idade. A idade que eu estou agora. Quase cinquenta anos, cheio de amigos e sem nenhuma mulher. Talvez por pensar assim.

“Um misógino!”, diriam elas.
Mas o mesmo Aurélio, que não consolidou o homoternurismo, diz que misoginia é uma “repulsa mórbida do homem ao contato sexual com as mulheres”. Não é o caso.

E, outro dia, discutia isso com um velho amigo velho de 84 anos. Ele concordou, em termos, do alto de sua sabedoria de ancião. Mas fez uma ressalva. Jogou na minha cara:

– Daqui para a frente, é melhor começar a convidar mulheres para ir ao jogo de futebol. É melhor ir aprendendo a tomar caipirinha com mulheres no sábado antes da
feijoada. Já está na hora de parar de reparar apenas nos seios e nas bundinhas
da mulheres. As mulheres têm mais alma que os homens!
– E daí?, respondeu o machão aqui.
– E dai, meu filho, que você na velhice vai ficar chato, intransigente, metódico, sistemático. Aliás, já está ficando. E não tem nenhum amigo do peito nessa hora para te socorrer. Se você chegar sozinho na velhice, não conte comigo, que eu já fui embora. Quem sempre cuidou de você foram as mulheres. A começar pela sua mãe.
– Você está querendo que eu arrume uma outra mãe?
– Não, meu filho. Uma mulher. Vai por mim, mulher é muito melhor que homem. E quanto mais velhas ficam, melhor nos entendem. Ao contrário dos homens.

E pediu mais uma caipirinha, enquanto olhava o traseiro da jovem, muito jovem, garçonete. Encerrou, com o olhar distante:
– Mulher é o que há, menino! Trate logo de arrumar uma, enquanto você está vivo… E quer saber de mais uma coisa? Esse papo de homoternurismo, pra mim, é coisa de viado!

(Mário Prata)

Pois é… e eu acho que 100g de homem tá é difícil no mercado! (Risos)