jump to navigation

Estou chegando na idade da justiceira! 17 abril, 2012

Posted by Mônica Góes in Comportamento, Meus Escritos.
Tags: , ,
trackback

Sei não. Estou ficando velha e chata. Ou seria velha e justa? Tem coisas que não ando aceitando mais com tanta tolerância. Desde gente que não pára o carro na faixa de pedestre, os mais espertos no trânsito nas ultrapassagens, os que tomam duas vagas no estacionamento, até os que acham que gentileza foi feita para infrigir direitos legais. E esta última tem sido a bola da vez da semana. Nem vou citar nomes aqui. Vou deixar um link e uma página no Facebook: www.tudocoisaminha.com.br e a página do referido no Facebook.

O esquema é assim (ou era, porque as regras do site foram mudadas da noite para o dia bem como todo o layout): Compre, pague em 24h, espere de forma “delongada” já que está levando tudo a preço de banana na feira. Até aí justo. Justíssimo. Mas você pode pedir o reembolso caso não queira esperar mais. É aí que os problemas estão acontecendo. E-mails, MSN, posts no site, no Facebook. Tudo sem resposta. E tem um mulherada sem fim com MEDO de falar. Reclamar. Gente: Código de Defesa do Consumidor!

Parece favor, mas desculpa, não é! É relação de compra e venda!

O mais impressionante, é que as pessoas (acredito que os brasileiros em especial) estão com mania de temer isso. Ou achar normal. Ou usar o bom e velho “deixa pra lá”.

Eu estou cansada de deixar pra lá… acho que estou realmente ficando uma velha chata…

Mas ainda estou aceitando meu dinheiro de volta, viu?

Anúncios

Comentários»

1. Kamila - 17 abril, 2012

Olá,

Vou colar aqui o que respondi lá no “Eu acredito em cosméticos”

“Não recebi resposta… Tenho olhado constantemente no facebook do TCM e ninguém tem recebido resposta da Lilá.

Não achei certo me identificar porque eu nunca entrei em contato com ela para pedir o reembolso (que aliás, é um valor bem pequeno*), então não posso afirmar com certeza que ela não responde aos emails.

Eu também tenho uma mania boba de acreditar nas pessoas. Antes de entrar no TCM, pesquisei muito, muito mesmo. Em lugar nenhum da internet havia algum comentário ruim. Então essa mania besta me fez pensar, por um tempo, que a Lilá era só uma pessoa que tentou abraçar o mundo com as pernas, pegou muito mais trabalho do que poderia lidar e agora não conseguia cumprir o prometido.

Mas esse pensamento durou pouco, porque fui vendo as denúncias pipocando e agora não resta dúvida que tem alguma coisa errada nessa história.

Concordo completamente com você (li o texto no seu blog), por mais que queiram descaracterizar, O TCM É UMA LOJA, e como tal está sujeito a todas as obrigações legais.

*Falei que o valor era pequeno, mas isso não quer dizer que eu não sei dos meus direitos. É um valor pequeno, mas é meu, eu tenho direito a receber ele. Só mencionei isso pra contextualizar, já que vi casos em que ela deve mais de cinco mil reais. Estou indignada sim, quero respostas, quero meu dinheiro, mas não posso dizer que estou tão apreensiva quanto as pessoas a quem ela deve muito.”

Esse é o primeiro blog que vejo falando sobre isso… Espero que as outras pessoas que foram prejudicadas encontrem esse post e comentem para que a gente possa dar ao tema a visibilidade que ele deve ter.

(Resolvi deixar de ser anônima =] )

Kamila

Mônica Góes - 17 abril, 2012

É isso aí, Kamila! Até que se prove o contrário, todas as pessoas são boas, honestas e íntegras. Então vou lhe dar uma sugestão. Acesse o TCM, pegue o número de telefone que lá está e ligue. Foi o que fiz hoje. Entrei em contato, falei com Rodrigo. Explanei exatamente o que venho explanando: minha relação não pessoal, pois não cheguei a estreitar a mesma com Lilá, ou Mahyra, mas sim minha relação de consumidora. Pontuei que a falta de resposta deixam as pessoas desconfiadas e apreensivas e isto gera mais e mais tumulto. E que isto me deixou irritadiça e desconfortável.

Mas vamos nos ater a um fato. Eu liguei, o telefone tocou e do outro lado alguém atendeu. Por hora, repito, até que se prove o contrário, não há ninguém fugindo, foragido, ou algo do gênero. Sua expressão de “abraçar o mundo com as pernas” talvez seja bastante adequada. Até o momento é tudo que tenho a manifestar pois minha situação não está resolvida. Mas ao menos eu tive alguém que me atendeu ao telefone e que por coincidência no momento em que liguei tinha respondido meu e-mail (o terceiro, tudo bem), a 10 minutos atrás e eu não tinha visto antes de passar a mão no telefone.

O mais importante é sempre buscarmos os nossos direitos. É isto que estou fazendo. E enquanto a corretitude for reinando, estarei atualizando as informações aqui.

2. ludmilassumpcao - 18 abril, 2012

Quando eu entrei no TCM também não tinha sequer um comentário negativo a respeito na internet, quisera eu que as pessoas aquela época que também não estavam recebendo as suas compras, iludidas certamente, tivessem reclamado como nós.
Eu investi mais de 600 reais e nunca recebi sequer um produto.
Requeri o reembolso e desde janeiro, e até hoje não devolveram o que é meu.
Agora passaram a não responder mais os e-mails, tweets, comentários no facebook, e ainda apagaram todo o espaço que nós tínhamos no site pra falar, mudaram o layout, como se nada tivesse acontecido.
Como se não existisse nenhum problema.
Achei legal esse espaço, pq assim poderemos nos unir e certamente não deixaremos isso impune.

Mônica Góes - 18 abril, 2012

Ludmila, entre no site do TCM e telefone para lá. Acho que por hora é a melhor coisa que temos a fazer. Ligar e acordar as coisas.

3. Kamila - 18 abril, 2012

Mônica, já vi em alguns blogs pessoas ridicularizando quem foi enganado, então queria divulgar esse comentário que fiz no “Papo nada cabeça”…

PARA TODOS AQUELES QUE ACHAM QUE DAVA PRA SABER DE CARA QUE ERA ENROLAÇÃO, LEIAM AQUI:

1. Na internet INTEIRA não havia nada que pudesse manchar a imagem do blog. A única coisa que eu encontrei (depois de procurar muuuito) foi um comentário de um blog dizendo que a Lilá era mal educada. Ora, isso não é nada comparado aos elogios, que eram feitos por pessoas gente como a gente, que tem blogs, que tem facebook, que mostram a cara.

2. O que mais tinha no site era post mostrando encontros das alokas com a Lilá. Ela convidava TODO MUNDO para os encontros. Depois postava fotos. Quer dizer… Ela mostrava a cara, deixava o número real de telefone no blog e convidava pessoas para a casa dela. Isso parece coisa de quem está dando golpe?

3. No “Só pra contar”, parte do blog, as pessoas contavam coisas de sua vida íntima, muitos se tornaram grandes amigos. Quem olhava de fora, via pessoas realmente unidas, uma comunidade de amigas mesmo.

4. Essa história de ela querer fazer caridade nem sempre foi mostrada assim. Quando eu entrei o site não explicava de modo algum a forma como ela adquiria os produtos, NEM QUE ELA FAZIA ISSO POR CARIDADE. Isso de fazer caridade com cosméticos é bem estranho mesmo, mas NO SITE, AS COISAS NÃO ERAM EXPLICADAS COM A CLAREZA QUE ESTÃO EXPOSTAS AQUI.

5. O site mudou trocentas vezes de layout, de forma que o vocês estão vendo, não é de forma alguma aquilo que a gente viu quando entrou… Essa questão de caridade, mesmo, eu nunca tinha ouvido falar, estou sabendo disso agora. Eu achava que ela tinha achado um jeito de lucrar com a demora, e não me incomodava com isso, contanto que recebesse meus produtos.

6. Nem todos os produtos vinham com preços absurdamente baratos, alguns deles eram bem plausíveis. Então não se pode afirmar, só com base nos preços, que dava pra ver que era golpe.

Portanto parem de se achar SENHORES DA VERDADE E CONHECEDORES DE TODAS AS MALDADES.

Parem de pensar que o culpado do roubo é a vítima.

Um golpe bem aplicado pode atingir QUALQUER UM.

Mônica Góes - 18 abril, 2012

Concordo com você em gênero, número e grau, Camila. Meu dinheiro não é capim, não dá em árvore, nem chove do céu. Não colocaria um centavo em algo que desconfiasse que não era correto. Os indícios eram todos positivos, não havia nada na Internet que denegrisse. E ainda assim coloquei muito pouco para experimentar. Todos estão sucesctíveis e não compete de fato a ninguém julgar. E não é aqui que julgamentos negativos serão feitos.

E mais… ainda temos que realmente saber se é um golpe. A história de caridade é estranha? É… Mas vamos ver o desenrolar dos fatos. O número de contato da pessoa está ativo. Eles estão atendendo. E os meios de se reaver os direitos estão ao alcance de todos. Pelas vias tranquilas e drásticas. Cada um escolhe sua maneira e isto só compete a cada um.

4. Larissa - 18 abril, 2012

Também estou no mesmo barco. Gastei R$164 em 2010 e nunca recebi uma cocada! Já estou ligando para providenciar o meu reembolso que nunca chega, ou será processo. Como você escreveu, o meu dinheiro não é capim e não nasce em árvore. Esse dinheiro faz falta. Sorte para nós.

Mônica Góes - 19 junho, 2012

Todas nos compreendemos, Larissa. Obrigada pela visita.

5. jenniferlins - 19 abril, 2012

Marina, estou um pouco por fora de toda situação,
pedi o meu reembolso em janeiro e até agora nada.
Você consegui o seu? Sabe se as pessoas estão conseguindo?

Mônica Góes - 19 junho, 2012

Jennifer, eu telefonei e comecei a negociação pela troca do valor por outros produtos. Com minha vida atribulada parei de “ficar no pé”. Retomarei e darei notícias.

6. cassia gomes - 30 abril, 2012

Sinto cheiro de sujeira de longe dificilmente cairei neste tipo de golpe, quando minha filha me falava eu sempre pedia pra que ela tomasse cuidado, porque as facilidades eram demais e isto não existe, sempre achei que tinha algo podre nisso tudo.
Acho que ninguém deve ter medo de denunciar, ela tem que responder pra justiça , porque os valores tenho certeza que ela não devolvera, até agora ouvi a minha filha reclamar vi as mensagens que ela enviou e as promessas não cumpridas desta golpista, mas não dá pra continuar assim temos que exigir justiça pra que ela não continue a lesar mais pessoas

cassia gomes

Mônica Góes - 19 junho, 2012

Cassia, eu confesso que, com a correria do trabalho, parei de cobrar. Mas vou retomar. Pois comecei a negociação e parei pelo caminho. Mas, até que se prove o contrário, estava até indo bem.
Obrigada pela visita.

ludmilassumpcao - 19 junho, 2012

Mônica, eles tiraram o telefone do site. Desde janeiro pedi o reembolso e só o que eles fazem é retornar dando desculpas esfarrapadas e enrolando. Por favor mande para o meu e-mail o telefone se vc ainda tiver. Grande beijo e muito obrigada.

Mônica Góes - 27 junho, 2012

Caramba, Ludmila! Vou ver se ainda tenho aqui. Só falta essa. Te falo.

7. lessandrabarlessandra - 29 junho, 2012

Mônica,
Tiraram o site do ar hj vc viu?
Ninguem atende ligações ou responde emails.
Tenho quase 2.000,00 reais lá e nunca recebi nada.

Mônica Góes - 29 junho, 2012

O site está no ar: http://tudocoisaminha.com.br/
E o telefone está lá também: http://tudocoisaminha.com.br/fale-comigo/ (73) 9913.4960

8. lessandrabarlessandra - 29 junho, 2012

As meninas do Facebook estão falando em denunciar para o fantástico.

https://www.facebook.com/pages/Tudo-coisa-minha-quero-meu-dinheiro-de-volta/423541137656542

Mônica Góes - 29 junho, 2012

Como eu digo… cada uma pode e deve fazer o que acha no seu direito e não nos compete julgar. Porém o site está lá ainda, o telefone também. Eu ainda não retomei minha questão por pura falta de tempo e de certa forma, prioridade. Então, no meu caso em particular, parte da culpa de não ter resolvido ainda é minha o que me ceifa um pouco o direito de brigar ou algo do gênero.
Entro de férias semana que vem e vou me dedicar a isso.

AUREA S.T - 21 julho, 2012

Olha gente, a mulher ” PARECE ” pelo menos e na MELHOR das hipóteses ……..incompetente……Isso já é motivo suficiente para deixar de comprar dela,,…Agora,pedir reembolso e há 6 meses não ter solução, eu já teria ido ao RJ TV, Fantástico, O GLOBO……e o caramba a quatro……

Mônica Góes - 24 julho, 2012

Aurea, cada uma tem que tomar de fato a providência que julgar cabível. Estamos todas sem resposta… 😦

9. Míviam Melo - 15 julho, 2012

Gente!!! Soube agora disso tudo…como sou muito ansiosa me desliguei para não pensar nos produtos. Agora fazem 9 meses q foi o prazo q ela “Lilá” me deu para receber os produtos. Então decidi investigar…e para minha surpresa!!! ESSA BOMBA!! Gostaria de saber se alguém já entrou na justiça, o q estão fazendo para tentar resolver essa situação??? Já li muita coisa na net esses dias para saber melhor o q estava acontecendo e vi só reclamação…bem diferente no começo quando tb investiguei e só via comentários positivos…até uma Blogueira aqui de Recife me deu ótimas referências, ai decidi comprar…e agora o q fazer??? O q seria ideal era todas q foram lesadas se juntar e entrar na justiça.

Mônica Góes - 24 julho, 2012

Míviam, soube de alguma ação no Rio de Janeiro. Mas não sei que final teve. De fato estamos sem resposta, sem sinal. Até eu mesma que propus a troca por outros produtos, começou o contato e parou. 😦

10. Camila Alves - 11 setembro, 2012

Oi Monica!
Tens algum retorno sobre o problema TCM? Conseguiste teu dinheiro de volta?
Tenho quase 5 mil reais com eles e n’ao sei como proceder.
Gostaria de saber como teu caso foi tratado e se foi resolvido.
Grata
Um beijo

Mônica Góes - 16 novembro, 2012

Oi, Camila! Como em post anterior, nada ainda 😦

11. Nanda - 28 outubro, 2012

Oi gente! Quem tiver facebook, entre na comunidade “tudo coisa minha quero meu dinheiro de volta”, e tb preencham esse formulário: https://docs.google.com/spreadsheet/viewform?formkey=dDAwX0paTFJVUFpwRFBlQTRzblR3a3c6MQ
Mônica, vc sabe quem estava a frente dessa ação no Rio de Janeiro? Vc já tomou alguma atitude? Não entendo pq não vejo reclamação de ninguém das cotas…
Bjs!

Mônica Góes - 16 novembro, 2012

Nanda, nunca mais tive notícias e confesso que também deixei meio de mão por conta de outras prioridades pessoais versus o valor que tinha a receber. Qual o intuito do formulário?

12. sabrina - 18 março, 2013

Alguém tem novidades desse caso???! Pegaram eles? E os processos foram feitos? Alguém tem alguma novidade?

Mônica Góes - 17 julho, 2013

Sabrina, sinceramente, já deixei de mão, aprendi a lição e que o tempo se encarregue deles.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: